Kardec era racista?

Os detratores do espiritismo sempre fizeram questão de resgatar o famigerado texto da revista espírita de abril/1862 sob o título de “Perfectibilidade da Raça Negra”, onde Kardec expõe a sua peculiar visão sobre o tema.

Condená-lo seria correto?

Amenizar os efeitos do seu texto seria adequado?

Como lidamos com este fato dentro do movimento espírita?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to top