Neste episódio tratamos sobre as palestras espíritas e a sua validade como instrumento de aprendizado e disseminação das ideias espíritas.

Como avaliar o modelo de palestras realizadas no movimento espírita brasileiro?Qual seria o modelo ideal?Quais temas deveriam ser abordados?As palestras que ocorrem nos centros incentivam o diálogo e a reflexão ou apenas a escuta de maneira passiva?

Ouça e descubra…

1 comment

  1. Boa noite. O Espiritismo não é uma religião e não pode ter interesse em aumentar estatísticas de quantidade e de adeptos. Kardec era um pesquisador sério e trabalhou imensamente para que a doutrina espírita fosse estudada em seus princípios por pessoas que estivessem capacitadas para alí estarem. Elitista? Então Platão e outros grandes filósofos pensadores seriam elitistas ou será que as pessoas não tem um nivel de educação para tentar compreender suas profundas reflexões?
    Querer nivelar o Espiritismo por baixo para permitir que a titia não durma em uma palestra é um desrespeito às propostas da filosofia e da ciência espírito. Kardec não recebia na Sociedade Parisiense de Estudos Espíritas qualquer pessoa sem antes oferecer a oportunidade para ela se instruir, através de uma leitura espírita e somente após uma avaliação Kardec aceitava ou não a pessoa como neófito na Sociedade. Se ficarão meia dúzia no final qual o problema? Precisamos estar na massa?
    O movimento espírita brasileiro falhou por completo no estudo sério do Espiritismo porque quis ser popular abraçando o cristianismo dogmático como sua bandeira. Interesses personalistas e a falta de acompanhamento das modernas pesquisas científicas na história e na arqueologia que alteraram completamente o conhecimento de Jesus são propositalmente impedidas descerem divulgadas no meio espírita. O mundo científico progrediu a ponto de derrubar o mito do Cristo da fé cega, separando este mito do homem Jesus. Se se tocar nesses dogmas cristãos nas casas espíritas a pessoa é imediatamente excluída do ambiente. Pois nesse ambiente só fala o palestrante que concorda continuar falando, por exemplo, dos evangelhos como se fossem fontes confiáveis da vida de Jesus e do que ele disse. Terceira revelação, o consolador prometido, são os absurdos que são divulgados nessas casas pelos palestrantes.
    Não, senhores e senhoras palestrantes deste programa, não é aguardando o tempo da sonolenta platéia passar que vai se avançar no estudo sério da doutrina!
    Essa conivência com a seita cristã-espirita criada no Brasil há 100 anos mantém as pessoas afastadas do Espiritismo e afirmar que está tentando mudar a cabeça das pessoas nesses centros espíritas e querer tapar o sol com a peneira ou mentir pra si mesmo.
    Hoje o espírita vive a ilusão de que conhece alguma coisa da vida espiritual quando na verdade construiu-se um mundo de fantasias provenientes de centenas de livros de espíritos de sistema, como disse Kardec, que trouxeram suas crenças católicas e são idolatrados cujos contos folclóricos foram propositalmente aceitos como revelações sublimes, sem nenhuma investigação no meio espírita e hoje se transformaram em verdades intocáveis.
    A maioria absoluta dos palestrantes, e não faço distinção do palestrante que é professor universitário daquele que é pouco letrado, são responsáveis por essa estagnação do Espiritismo. Não estudam nada a não ser superficialmente. Grupos em casas espíritas que estudam Emmanuel, André Luiz, Joanna de Angelis, a Bíblia! Isso é estudar Espiritismo? Fingem estudar as obras de Kardec pelas terríveis apostilas de ESDE e EADE ou o curso é feito de forma medíocre, superficial, lendo sem se aprofundar, sem questionar.
    Tenham coragem, srs. e sras. palestrantes e deixem suas casas espíritas, se recolham para um estudo aprofundado do Espiritismo em grupos pequenos e discretos e somente depois de um bom tempo, mais capacitados, tragam uma proposta condizente com a filosofia e a ciência apresentada pelos Espíritos nas obras de Kardec, mesmo que eles tenham cometido equívocos. Nada adianta criticar e se manter no meio. Eu esperava um aprofundamento maior no programa sobre a atual palestra espírita, o que infelizmente não ouvi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to top